24/05/2019 às 17:43:00 | por Rafael Alves

A treta entre caso Carlinhos e Whindersson abre debate sobre saúde mental

A treta entre Carlinhos e Whindersson era só uma notícia de site de fofoca e não estava no nosso radar. Famoso A briga com famoso B e famoso C intervem. Uma notícia entre tantas outras que alimentam milhares de sites pequenos e grandes internet afora. Mas...

 

Mas a esposa de Windersson Nunes, Luiza Sonsa, veio a público comentar que seu esposo teve seu quadro de depressão - diagnosticado em abril - piorado. De acordo com Luiza, ela e o esposo conversaram sobre a tal briga e ele teria dito algo como "meu Deus, esse cara vai me matar", em decorrência do agravamento de sua doença. 

 

E ai acreditamos que apesar de toda a tolice que envolve o fato, podemos encarar isso como um bom momento para pensar em como a superexposição de nossa vida particular pode contribuir negativamente para nossa saúde mental, especialmente quando já estamos fragilizados. 

 

Acreditamos que aquela fase de inocência das redes sociais do começo dos anos 00 já se foi, e é fato consumado que aquilo que acontece reverbera - positivamente ou não - em nossa vida fora da rede. Não é mimimi nem vitimismo cobrar respeito, portanto. Assim como ser respeitoso e/ou pedir desculpas não é sinal de fraqueza. 

 

 Sobre o motivo da briga entre os dois influencers não nos interessa. De saída admitimos que toda briga é tola e poderia, de antemão, ser evitada com diálogo civilizado. Mas como civilidade não anda em alta nas redes sociais, que ao menos possamos pensar sobre como esse tipo de situação aflige nossa saúde mental e repensar algumas pequenas atitutes que cometemos ao ofender alguém por exemplo no Facebook, porque é uma frase clichê, mas verdadeira: "Todo mundo que você encontra está lutando uma batalha que você não sabe nada a respeito."

 

Então seja gentil. Sempre.

 

 

› Compartilhe este Post
Leia Também

06/11/2019 às 20:47:00

‘Tá Rindo de quê?’ – Humor e ditadura - Por Marcelo Castro

Após o golpe de 1964 a área artística do humor foi perseguida e a liberdade de expressão foi reprimida de uma forma muito ...

CONTINUE LENDO

25/10/2019 às 17:05:00

‘Girl’ – Conhece a Ti Mesmo - Por Marcelo Castro

  No francês “Azul é Cor Mais Quente” (2013) testemunhávamos uma jovem enfrentando uma busca pessoal, em tenta...

CONTINUE LENDO

15/10/2019 às 15:58:00

Oito Grandes Professores do Cinema (e duas SUPER menções honrosas...)

Nosso carinho aos mestres!

CONTINUE LENDO

05/09/2019 às 12:40:00

'Era Uma Vez no Oeste' - A desconstrução de um gênero - por Marcelo Castro

 Na cena final do clássico “Rastros do Ódio” (1956) de John Ford, o protagonista (John Wayne) está levando de vo...

CONTINUE LENDO

21/08/2019 às 14:44:00 | por Rafael Alves

Arte-terapia: jovem usa a arte para ajudar a curar sua depressão

Arte salva s2

CONTINUE LENDO

Receba Novidades


Top